As 4 maneiras de melhorar a experiência do recrutador (a) com o uso da Tecnologia


A automação deixa mais tempo para a interação humana, e todos precisamos disso, certo?

Antes da implantação das entrevistas de emprego por videoconferência, os departamentos de RH gastaram muitas horas de trabalho e muito dinheiro de suas empresas ao telefone para entrevistar candidatos a emprego antes de convidá-los para entrevistas finais. Nas entrevistas finais estes candidatos gastaram milhões de Reais e seu precioso tempo viajando para serem entrevistados, sem se quer soubessem quais eram suas chances à vaga tão desejada. E ao final do processo, muitas vezes não foram agraciados com um respeitoso feedback.

Agora, as entrevistas por vídeo aceleram o processo e facilitam o trabalho dos departamentos de RH de selecionar candidatos, bem como poupam o tempo de ambas as partes, ao mesmo tempo em que aumentam o contato pessoal e dão aos dois, entrevistado e entrevistador, a oportunidade de uma boa conversa olho a olho. Como um gerente de RH uma vez afirmou: "Antes da videoconferência, meu processo de seleção limitava-se a telefonemas e currículos. Naquela época, apenas na hora em que um candidato entrava pela porta, que eu sabia se ele se encaixava em nossa empresa. Antes do vídeo, cometi alguns erros porque eu nunca via o candidato. Usando a videoconferência me permite restringir os candidatos e a acelerar o processo de seleção. A tecnologia nos salvou tempo e dinheiro ".

Muitos líderes empresariais argumentam que a tecnologia está levando o aspecto "humano" dos recursos humanos. No entanto, desde o recrutamento até a contratação, pode-se argumentar que a tecnologia está melhorando a experiência humana ao conectar equipes em todo o mundo.

Uma nova onda de tecnologia de RH está interrompendo o mercado

Considere o caso de Sarah Wilson, diretora de aquisição de talentos e principal diretora de pessoal na livraria de Toronto, Indigo: Wilson vem usando o software de recrutamento para ajudar a personalizar o processo de contratação.

"Começamos a usar o Ideal.com no ano passado, e vimos resultados na primeira semana", disse Wilson. "Eu acho que algumas pessoas descartam a IA porque acham que vai prejudicar a experiência do candidato. Nós a vimos como uma oportunidade para melhorar ainda mais a nossa".

A diretora de RH disse que não queria empregar cenários para sua empresa que se assemelhavam aos da maioria dos grandes varejistas, onde os candidatos não ouvem resposta. Em vez disso, a tecnologia AI ajudou a equipe a cortar muitas tarefas administrativas que consomem muito tempo. Isso diminuiu o tempo de resposta para retornar aos candidatos e ajudou sua equipe a gastar mais tempo com os candidatos que queriam conhecer pessoalmente.

Enquanto Wilson foi capaz de usar efetivamente a tecnologia de RH para melhorar a experiência do candidato, em geral, um equilíbrio entre a interação de tecnologia e as pessoas pode ser difícil de alcançar. Aqui estão quatro maneiras pelas quais as empresas podem usar a tecnologia para melhorar a experiência humana:

1. A automação poupa tempo para conexão humana.

A conexão humana é o objetivo final para os líderes empresariais, e a tecnologia de RH está fornecendo-lhes o tempo para desenvolver relacionamentos significativos.

"Tanto os profissionais de RH como de recrutamento ficam ocupados em suas tarefas monótonas associadas a suas ocupações", explicou Mahe Bayireddi, CEO da Phenom People, uma plataforma de marketing de relacionamento com talentos em Horsham, Pa., enviada por e-mail. "Onde muitas pessoas vêem a tecnologia de RH como uma substituição humana, vejo isso como uma ponte para uma diferença muito aparente entre recursos humanos e tecnologia de recrutamento e o elemento humano que a indústria perdeu de vista no passado".

Bayireddi disse acreditar que os profissionais de RH ficam sobrecarregados com tarefas mundanas, tornando impossível que os recrutadores sejam mais pessoais nas suas comunicações. Ao usar a tecnologia automatizada, eles podem se concentrar em construir relacionamentos e trazer os melhores talentos para suas equipes.

Dica: ajude os funcionários a serem mais produtivos e motivados em seus relacionamentos, primeiro entendendo quais são as tarefas que os retém. Antes de se inscrever em um software de automação, peça aos membros da equipe para relacionarem quais as tarefas que os impedem de aprimorar o elemento humano de recrutamento e RH. Então, pesquise que software pode cuidar dessas tarefas e liberar seu tempo para atingir os melhores candidatos.

Por que a tecnologia é o amigo de RH, não é seu inimigo.

2. Fornece mais informações

Não há dúvida de que as coisas se movem rapidamente em uma inicialização na empresa. Assim, os líderes muitas vezes esquecem de parar e pedir feedback aos funcionários.

Steffen Maier, co-fundador da Impraise, uma empresa de software de gerenciamento de desempenho na cidade de Nova York, disse que acredita que deixar o feedback ficar fora de vista pode prejudicar uma organização inteira.

"O surgimento de aplicativos de comentários ajudou a mudar isso, incentivando os funcionários a pedir feedback quando eles precisarem, em vez de aguardar uma revisão anual", disse Maier via e-mail. "Criar um ambiente em que é bom pedir comentários, seja pelo seu gerente, relatórios ou colegas, significa que a informação flui mais livremente em toda a organização".

O aprimoramento dos comentários, especialmente oferecendo a opção de anonimato, dá aos gerentes a informação que precisam para ter um diálogo mais significativo com seus funcionários.

Dica: use um feedback ou plataforma de comunicação para realizar uma pesquisa anônima em toda a empresa sobre assuntos de funcionários ou de organização. Do salário e benefícios às atividades pós-trabalho, a Maier melhorou o desempenho e a experiência de trabalho dos funcionários, usando seus comentários.

3. Conecta funcionários em todo o mundo

A imersão de vídeo na tecnologia de RH está evoluindo rapidamente como os líderes fazem negócios em todo o mundo. Gayle Wiley, chefe de equipe da Lifesize, uma empresa de vídeo, áudio e web-conferência, com sede em Austin, coloca sua empresa à prova usando videoconferência para suas necessidades de recrutamento.

"Externamente, eu uso videoconferência para entrevistar candidatos que não estão localizados nas proximidades", explicou Wiley. "Internamente, é o meu principal veículo de comunicação para realizar reuniões produtivas com toda a nossa força de trabalho global - para avaliações de desempenho, reuniões de gerencias, on-board de novos funcionários, treinamento e desenvolvimento e muito mais".

Com a força de trabalho cada vez mais dispersa de hoje, as interações face a face a um clique são cruciais na construção da experiência humana. Os colegas de trabalho que já puderam se conectar apenas por telefone ou via e-mail agora podem se ver e interagir como se estivessem na mesma sala.

Dica: se possível, experimente o seguinte exercício: Passe alguns dias se comunicando com as pessoas em seu escritório via telefone, e-mail e em plataformas de mensagens. Então, depois de um dia ou dois de contato facial limitado, conecte-se com as pessoas via vídeo.

Tome conhecimento da conexão mais profunda com os colegas de trabalho que são restaurados através do seu retorno à discussão cara-a-cara. Agora, imagine as conexões que estão sendo perdidas devido à ausência dessas interações personalizadas.

4. Melhora a personalização

Com as ferramentas em evolução, os empregadores são capazes de tomar o que era uma vez procedimentos padrão limitados e criar experiências melhoradas e mais expansivas para suas equipes. Tais experiências são especialmente relevantes e trazem vantagens e benefícios ao funcionário.

Dica: com ferramentas como a Maestro Health, uma plataforma de saúde e benefícios para funcionários, os empregadores podem oferecer soluções completas em um formato personalizado e mais simples. A plataforma permite que os usuários sejam exibidos e escolham entre uma variedade de benefícios para a saúde para encontrar os que são adequados para eles.

Seja na área da saúde e benefícios ou como parte da experiência geral dos funcionários, os funcionários querem benefícios que atendam às suas necessidades individualizadas. Com a tecnologia de RH, eles agora têm as ferramentas para fazer isso através de experiências humanas melhoradas e personalizadas.

Na Meso, acreditamos no poder da comunicação. É por isso que comercializamos soluções de videoconferência que são mais do que apenas ver a pessoa do outro lado da tela, elas são a construção de relacionamentos conectados independentemente da distância. A seguir, exemplos do que você poderia fazer com uma solução de videoconferência dentro da sua equipe de RH.

Como você colocará a videoconferência para trabalhar para você?

Heather R. Huhman

Fundadora e Presidente do Waldorf, com sede em Maryland, é uma especialista em carreira, gerente de contratação e presidente da Come Recommended, uma consultoria de marketing de conteúdo e PR digital para pesquisas de emprego e recursos humanos. Ela é a autora de Lies, Damned Lies & Internships e #ENTRYLEVELtweet.

https://www.entrepreneur.com/article/296700

#entrevistaviavideoconferência #tecnologiaderh

0 visualização