Soluções de telecom são alternativa para superar a crise


Desde 2015, a palavra crise nunca foi tão falada no Brasil. Adaptar-se ao novo contexto político e econômico tornou-se exigência para profissionais independentes e empresários, que queiram sobreviver a esse cenário de crise e se manter no mercado. Buscar soluções, treinar colaboradores, fazer parcerias, reduzir custos, analisar melhor as opções e também reinventar seus processos internos são meios buscados e aplicados pelos empreendedores brasileiros.

O que muitos destes profissionais estão percebendo é que investir em soluções tecnológicas, apesar de parecer contraditório, pode melhorar o desempenho de seus negócios ao mesmo tempo em que contribui para a redução de custos em suas companhias.

A ascensão do desemprego é acompanhada por uma redução expressiva da renda dos trabalhadores, segundo o último estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o desemprego no país atingiu, em média, 11,2% no trimestre de março a maio, e o número de desempregados no Brasil chegou a 11,4 milhões de pessoas.

A crise econômica não afeta apenas trabalhadores, mas os empresários também sofrem com a situação. Muitos se sentem pressionados pela redução do consumo e também pela alta do dólar.

Porém, um fato chama a atenção de economistas e pesquisadores da área financeira: investimentos na área de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) têm obtido resultado positivo. É o que aponta um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com a pesquisa, os investimentos na área de TIC correspondem a 7,6% da receita das empresas.

Profissionais atualizados percebem que a área de TIC, principalmente de comunicação, merece toda a atenção, visto que os custos de telefonia estão entre a 3ª e 4ª maiores despesas das empresas brasileiras.

O que sua empresa está fazendo para sobreviver à crise? Compartilhe suas sugestões, envie comentários ou solicite mais informações. Nós queremos ouvi-lo.


12 visualizações